O que eu não sabia antes de ir para Orlando

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Após a viagem de navio era hora de conhecer a Terra da Magia, Orlando, eu vou confessar que esse não era o meu sonho, até porque na minha infância as condições financeiras não comportavam uma viagem para o exterior, então eu nunca cultivei essa esperança. No final, acabei indo por causa da minha filha que estava fazendo 15 anos e escolheu essa viagem, navio+Orlando.

Pois bem, nessa viagem nós tínhamos 6 dias inteiros para aproveitar, descontando o dia da chegada e saída que não dá para fazer quase nada. E sabe quantos ingressos de parques? 7(4 dias Disney, 2 Universal e 1 Sea World).

Fomos em junho, de 01 a 08, pegamos o início do verão, amei!

Depois dessa maratona acabei concluindo que deixei de fazer muita coisa por falta de planejamento, por não ter tido interesse de pesquisar, pois estava mais focada na viagem de navio.

Então aqui eu vou relatar a minha experiência e que pode ajudar muitos de vocês que estão indo pela primeira vez, ou até quem pretende voltar, pra Orlando.

 

  • Compre o seu ingresso aqui no Brasil – na época nós havíamos feito um pacote de viagem e os ingressos estavam incluídos, chegamos no hotel e pegamos, mas isso é ruim pois além de no Brasil a gente não pagar o imposto cobrado quando compramos na bilheteria, ele não dá a possibilidade de fazer a próxima dica.

 

  • Ainda aqui no Brasil, baixe no seu celular o aplicativo My Disney Experience, cadastre os ingressos e isso te possibilita agendar o FastPass, e assim ir nas atrações com hora marcada e não entrar na fila usual. Também dá para marcar horário em restaurantes, alguns bem concorridos, e que na hora pode não conseguir lugar para sentar. Com esse aplicativo, agora durante a viagem, dá para consultar informações e horários das atrações, tempo de espera, e ainda se localizar através de mapas. Não se preocupe com o WiFi pois a Disney disponibiliza em todos os parques. Agora não esqueça de uma coisa, para agendar as atrações e os restaurantes é preciso essa próxima dica.

 

  • Faça o planejamento de sua viagem.  Parece óbvio, mas é muito importante ter planejado os dias de parques e os dias de descanso, compras, etc, isso vai otimizar o tempo e aproveitar muito melhor a viagem. Claro que imprevistos podem acontecer, quando eu fui de novo acabamos ficando doentes e trocamos os dias de alguns parques, alguns ajustes podem ser necessários, mas a tranquilidade de sair daqui com o planejamento é muito vantajoso. Dentro desse planejamento, veja com antecedência as atrações, viaje nos mapas e relatos para ter em mente o que gostaria de conhecer e o que esperar de cada atração.

 

  • Eu não tinha noção de como os parques eram enormes! Então vá preparado para caminhar bastante, caminhar muito meeesmo, use roupas confortáveis, conforme a estação, e de preferência use tênis de caminhada ou corrida. Vocês acham que isso é sacrifício? De jeito nenhum, são os melhores quilômetros da vida!

 

  • As atrações com água molham mesmo! A gente sai pingando, molha até as roupas de baixo..rs. Aqui a dica é, leve uma embalagem apropriada para proteger os documentos e a máquina fotográfica, caso essa não seja a prova d’agua, quase estraguei a minha, e outra coisa é levar um chinelo na mochila e na hora tirar o tênis e colocá-los. O meu tênis ficou encharcado, fomos ver para comprar um chinelo e custava a ninharia de U$35,00 dentro do parque, nem havaianas era! No inverno fica inviável de ir nessas atrações.

 

  • A gente come muito bem nos Estados Unidos. Quando estamos aqui o que mais escutamos é: Preparados para viver de hambúrguer? Isso não é verdade, Orlando está cheia de restaurantes e comidas de todos os gostos e bolsos, é só procurar que facilmente você vai achar uma comida que lhe agrade. Até porque faz parte da viagem se desligar de nossos costumes e tentar vivenciar o que a cidade tem a oferecer, não acham?

 

  • Orlando não é só Disney. É muito comum as pessoas dizerem que vão para Disney, na verdade a gente vai para a cidade de Orlando, os parques da Disney são apenas mais um, ou melhor, o mais importante, o que deu origem a todo o complexo de entretenimento que a cidade oferece. Vale destacar que cada parque oferece experiências diferentes. Antes de ir eu não tinha essa dimensão, não me julguem, na verdade os três grupos de parques são assim divididos:

 

Disney, 4 parques – Magic Kingdom, que é o o primeiro a ser construído e que tem o castelo da Cinderela. – Holywood Studios, Epcot e Animal Kingdom.

Universal, 2 parques – Universal Studios e Island of Adventure.

Sea World, 3 parques – Sea World, Bush Gardens e Discovery Cove.

 

Mas não acaba aí, tem mais os parques aquáticos e diversas outras atrações, esses que eu citei são os principais.

 

  • Você não vai conseguir fazer todas as atrações em uma só viagem. Não se angustiem por isso, aceite que é impossível conhecer todas as atrações de Orlando em uma só viagem, a não ser que você programe ficar, tipo, 6 meses…não seria mal, né?

 

  • O GPS é item essencial. Nem pense em querer andar de carro sem GPS por Orlando, leve de casa, tenha no celular(não esqueça do chip) ou alugue junto com o carro, pois a cidade parece sempre uma autoestrada e a gente perde a noção de direção, dá sempre a sensação que estamos saindo da cidade(viu como a geografia é importante?).

 

  • Livre à direita. Preste muita atenção, nos semáforos a pista da direita costuma ser livre para convergir à direita, você apenas precisa parar e ver se na transversal não está vindo carro e se não há pedestres atravessando a pista. Visto isso, vire sem medo de estar infringindo a lei. Em apenas alguns casos pode haver uma placa escrito “No Turn on Red”, nesse caso estará proibida a conversão. Eu na primeira vez já levei um sonora sirene do carro da polícia, mas não me pararam, foi só um alerta. Deve ser comum aos turistas desavisados.

 

  • Se gostou compre. Sabe aquele costume que temos de ir olhando e voltar comprando? Esqueça disso em Orlando! Os Outlets são muito grandes e provavelmente você não vai se lembrar onde encontrou aquela promoção maravilhosa, e se lembrar quando voltar o item escolhido pode já ter sido comprado por outra pessoa.

 

  • Leve remédios! Principalmente remédios controlados e anti-inflamatórios. Eu achava que era bobagem levar e que lá não seria tão difícil de comprar, afinal, existem remédios para vender até na prateleira do supermercado. Com esse pensamento eu me dei muito mal, ficamos com amigdalite e foi um sacrifício conseguir o bendito antibiótico. Esse assunto merece um post exclusivo.

 

  • Não é coisa só de criança. Pelo contrário, as crianças também podem se divertir. Esse é outro erro só de quem não conhece os parques de Orlando, inclusive eu..:) Quando me falam isso eu só respondo, vai conhecer e depois conversamos! E entenda sempre uma coisa, tem atrações e gostos para QUALQUER idade. Se tiver oportunidade, leve sei filho pequeno mesmo, tipo 2 anos, tenho certeza que eles vão aproveitar muito. E por último, para não esquecer mesmo…

 

  • Você vai sair de lá querendo voltar. Quem costuma ler os blogs sobre a Disney já ouviu falar sobre a DPD(Depressão Pós Disney) é aquela tristeza que dá depois da euforia de ter conhecido um lugar tão mágico, onde independente da idade, voltamos a ser criança. Uma vontade doida de repetir a experiência. Podemos colocar as famosas orelhinhas do Mickey e da Minie sem ninguém olhar para a gente pensando que temos algum problema. Podemos tirar fotos e pular de alegria com pessoas fantasiadas de personagens e que lá a gente jura que são reais(são reais mesmo, viu?). Esquecer dos problemas e colocar para fora o estresse gritando com toda a força enquanto estamos andando numa montanha russa. Se emocionar com a queima de fogos no final da noite e agradecer a Deus a oportunidade de estar vivendo aquele momento mágico junto com a família.

Disney Wishes

Espero ter podido ajudar as pessoas que querem ir pela primeira vez para Orlando, e até àquelas que querem voltar, com a minha vivência e com isso poder aproveitar ao máximo essa viagem fantástica!

Se gostou do post não esquece de comentar e curtir aqui e nas nossas redes sociais.

 

 

 

 

 

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: